sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Há obras de literatura que fazem tão parte de sua vida que você esquece de suas especificações. Ghost World é uma delas. Na minha cabeça, eu tinha lido a HQ de Daniel Clowes em português há algum tempo e guardado na estante. Quando vi a que a editora Fantagraphics está lançando em outubro uma edição mais-que-especial da graphic novel, fui atrás de alguns amigos que têm memória melhor que a minha. E todos confirmaram: não existe uma versão nacional de Ghost World.

Como assim?

Ok, não vamos começar uma caça às bruxas, editoras brasileiras. Que tal, então, aproveitar essa edição maravilhosa, de capa dura, com mais de 100 páginas de material extra, para compensar o tempo perdido?

Ghost World já virou filme estrelado pelas ninfetas Scarlett Johansson e Thora Birch e dirigido por Terry Zwigoff (documentário Crumb e Papai Noel às Avessas) sob o codinome péssimo de Mundo Cão. Péssimo porque, de Mundo Cão, Ghost World não tem nada. A história de Clowes segue duas amigas numa cidade comum dos EUA. Elas, porém, não são suas heroínas comuns. Têm gostos "estranhos" para música, se sentem deslocadas em seu mundo, se vestem de maneira antiquada e se envolvem com os seres mais bizarros. É uma leitura tão marcante e bem escrita, que nem parece não existir na sua língua nativa. As meninas são apaixonantes e as situações são comuns a qualquer adolescente ou pós-adolescente que não sabe o que fazer da vida. Presente de Natal, alguém? ;)

Um comentário:

zero disse...

Olá Salem...

Você poderia colocar aqui.. algumas curiosidades e bastidores de saus viagens e encontros com os artistas

abraço
Alessandro