terça-feira, 16 de setembro de 2008

O ano em que meus ouvidos saíram de férias

Melhor explicar. Algumas músicas que marcaram 2008 para mim. Pode acontecer de uma ou outra ser do final do ano passado, mas que só acabei viciando agora. Bem, está aí uma pequena seleção com alguns comentários sobre as escolhas. Não é 31 Songs, mas não sou Nick Hornby também. Loooonge disso...

Raconteurs - "Many Shades Of Black"
- Talvez a canção mais perfeita sobre o final de um relacionamento pesado. Tá na fossa? Coloque isso para ouvir e saia pulando de alegria.
Boomp3.com

Kings Of Leon - "Sex On Fire" - Levanta até defunto. Acho que até o fim do ano, ela vira minha favorita. Épica, sexy e grudenta. Ao vivo, não quero nem imaginar. Orgias?
Boomp3.com

Travis - "Something Anything" - Tenho medo de discos conceituais. Ainda mais porque o Travis é uma banda de letras bem diretas. De qualquer maneira, essa música resgata muito do começo de carreira dos escoceses. Pesada e energética com refrão assoBiável.
Boomp3.com

The Fratellis - "Lupe Brown" - Uma nova banda punk-pop desencanada voltando aos anos 60. Tom Hanks iria adorar para seu The Wonders.
Boomp3.com

Radiohead - "Last Flowers" - Quem parou apenas no disco 1 do In Rainbows perdeu um segundo CD (fácil de achar na net e que veio com o pacotão de quem comprou no site há um ano quase) tão fantástico quanto o principal. Enfiar essa pérola num bônus é um crime. Chris Martin daria sua esposa para o sacrifício para compor essa melancólica balada levada no piano sobre lembranças ("Houses move and houses speak") e a escapatória eterna ("If You Take Me there You´ll Get Relief). Linda. Mortal.
Boomp3.com

Coldplay - "Death And All His Friends" - Por falar em Chris Martin, ele acertou no alvo nesta música também levada no piano, mas com dois tempos diferentes, como marcou todo o disco novo do Coldplay. O CD pode ser chatinho em alguns momentos, mas a junção da alma do Coldplay com a produção pomposa de Brian Eno alcança seu melhor momento aqui em um final apoteótico. Para dançar e se emocionar como o velho grupo do Parachutes.
Boomp3.com

Marcelo Camelo - "Mais Tarde" - A música mais "Los Hermanos" do disco solo de Marcelo Camelo. Não faria feio no Ventura, apesar da letra mais desconexa que o normal.
Boomp3.com

Lightspeed Champion - "Tell Me What's Worth" - O ex-Test Icicle (melhor nome de banda desconhecida da década) se despe de guitarras para um hino alegre sobre... o racismo.
Boomp3.com

Nada Surf - "Beautiful Beat" - Nove Canções é um filmaço sobre sexo e shows de rock. Essa música do último disco do Nada Surf, banda que tocou em São Paulo e King Kong não me deixou ver, é sobre como usar a música para tentar cair fora de qualquer sensação ruim. O refrão gruda feito mulher feia e saca só a letra: "Sometimes all I want is another Drink or another pill/If I could get anything done/Maybe I'd hold still/I'm trying to levitate I'm Trying to leave the ground/Tryin' to remember when i could Fix anything with sound."
Boomp3.com

Nine Inch Nails - "Discipline" - A música mais pop do NIN. Em homenagem ao público brasileiro que não comprou ingressos para o show em São Paulo e ele foi cancelado.
Boomp3.com

R.E.M. - "Until The Day Is Done" - Finalmente Michael Stipe aprendeu a compor letras sobre o governo americano sem encarar um ritmo chato e mofado. REM da velha guarda. E ainda contratei os caras para tocarem no meu aniversário, dia 10 de novembro, no Via Funchal. Valeu!
Boomp3.com

The Kooks - "See the Sun" - Esse frio maluco de São Paulo não combina com o discaço do Kooks, uma das bandinhas novas mais legais que existem - ao vivo ou não. Bem, se você mora num lugar com praia, não perca tempo. Ouça tomando cerveja e comendo paçoca (nordestina).
Boomp3.com

Weezer - "The Greatest Man That Ever Lived" - A "Bohemian Rhapsody" do Weezer com toques de galhofagem. Podem falar o que quiserem, mas a piada é maravilhosa e não tem como não cortar o coração na hora do refrão em falsete do Rivers Cuomo: "UUUHHHH, baby/I’ve been told I’m goin’ crazy/Oh baby, But I can’t be held down/Oh baby, Somehow I'm keeping it Steady."
Boomp3.com

Wilco - "Glad It's Over" - Jeff Tweedy não deve ser um cara fácil. E se colocando no lugar da mulher (imagino), ele compõe um clássico escondido sobre relações malucas, nas quais casais se machucam, mas não conseguem se livrar um do outro. Meio Paris, Texas... Começa de um jeito e termina de outro completamente diferente, mesmo não perdendo o sentido da letra. Genial.
Boomp3.com

Franz Ferdinand - "Lucid Dreams" - Mesmo brincando de lançar singles, o Franz Ferdinand manda uma das melhores músicas do ano. Com direito a barulhinho de vinil (guris, é um troço que veio antes do CD, aquele negócio brilhante que existia antes do iPod).
Boomp3.com

Spiritualized - "Soul On Fire" - Quase me lasquei com uma pneumonia braba certa vez e sei que não é fácil. O líder do Spiritualized, que não gravava há anos, quase bateu as botas. Dos males, um discaço sombrio e essa canção bem pra cima.
Boomp3.com

Ryan Adams & The Cardinals - "This Is It" - "Me deixe cantar uma música para você que nunca foi cantada antes/Todas as palavras foram feitas para você e nunca foram faladas antes". Odeio quem fica babando Ryan Adams demais. Às vezes, eu sei, é preciso. O cara é um monstro.
Boomp3.com

3 comentários:

erika disse...

Só coisinha chata...
Minha listinha vai começar:
Coldplay
dEUS (lembra deles?)
Nada Surf (talvez).
REM
...
Ho ho ho.

Salem disse...

Isso significa que preciso gravar um CD???
ehehehhe

erika disse...

Why not? :p

Isso significa que posso vê-los (os três primeiros) ao vivo logo mais na terra de Wim Wenders?

Acho que sim... heheheh :)